A culinária típica de Minas Gerais é uma das mais tradicionais e importantes do país. Preparada tradicionalmente no fogão a lenha e conhecida pelo sabor, a comida mineira conta com uma variedade de ingredientes, que traduz a multiplicidade de povos que se instalaram em seu território. Neste post, você vai conferir dez pratos que conquistaram o paladar de grande parte do Brasil.

A riqueza de sabores da comida mineira

A gastronomia de Minas Gerais é resultado de diversas influências, de povos que vieram para a região e temperaram a cultura com diferentes saberes e sabores. Isso aconteceu principalmente pela descoberta das minas de ouro, atraindo aventureiros do mundo todo e colonizadores europeus, que, por sua vez, trouxeram escravos africanos e indígenas para trabalhar na exploração do ouro.

O fluxo de pessoas, o inchaço populacional e a inflação da economia impulsionaram a utilização de ingredientes locais e acessíveis na alimentação. O resultado de toda essa mistura e desse momento da história brasileira foi a famosa comida mineira: simples e saborosa.

Confira 10 pratos típicos da comida mineira

Mandioca, feijão, verduras, ovos, milho, frango e porco são alguns dos elementos mais marcantes, tudo preparado em grandes panelas com bastante alho, cebola, cheiro verde e outros temperos. Confira alguns dos pratos mais populares:

 

1. Feijão-tropeiro

O prato ganhou esse nome, pois era a comida mais consumida pelos tropeiros, homens que transportavam mercadorias a cavalo, no período colonial, cruzando os estados brasileiros. Essa iguaria é composta de feijão, farinha de mandioca, carne, ovos e temperos.

2. Tutu

Outro prato com feijão é o tutu: uma pasta feita de feijão cozido, temperado, batido e engrossado com farinha de milho ou de mandioca. Durante a escassez de alimentos nesse período por causa da superlotação, as cozinheiras, geralmente escravas, tinham que usar a criatividade para fazer os pratos renderem mais e darem mais sustância com o que tinham. Por isso, muitas vezes era utilizada a farinha.

3. Couve

A couve está sempre presente na mesa mineira. É geralmente picada e refogada com cebola, alho e óleo, servindo como acompanhamento para diversos pratos.

4. Bambá de couve

Acredita-se que esse prato seja uma herança cultural dos escravos negros, criado para aquecê-los nas noites frias. O caldo contém couve, angu e costelinha.

5. Leitão pururuca

A palavra pururuca vem do tupi e refere-se a pele do porco, que estoura como pipoca ao ser frita com óleo quente. O prato consiste no leitão que é assado e depois frito até pururucar e ficar crocante por fora.

6. Frango com quiabo

O emblemático prato é uma combinação das origens portuguesa e africana. O quiabo veio com os escravos e logo se proliferou, enquanto as galinhas foram trazidas pelos primeiros navegadores europeus.

7. Frango ao molho pardo

Esta iguaria mineira contém um ingrediente inusitado: sangue. O molho pardo é preparado com o sangue colhido de uma galinha abatida na hora. Acrescenta-se vinagre para evitar a coagulação e depois os demais ingredientes. Este prato é tradicional da gastronomia portuguesa.

8. Ambrosia

Também vinda de Portugal, este doce é feito basicamente de leite, ovos e açúcar. Feita tradicional em tacho de cobre com colher de pau, a ambrosia tem uma textura característica, cheia de grumos.

9. Doce de leite

Um grande querido em todo o Brasil, o doce de leite tem origem incerta. Acredita-se que ele surgiu depois da expansão da produção de cana-de-açúcar, em que o açúcar era usado para ajudar na conservação dos alimentos. O doce é feito fervendo-se leite com açúcar até chegar ao ponto desejado.

10. Pão de queijo

Uma receita típica do Brasil, feito com polvilho, óleo e queijo, esse prato é consumido em todo o país, mas não há quem não pense em Minas Gerais quando o assunto é pão de queijo. Embora não se saiba ao certo sua origem, especula-se que o polvilho era usado em vez da farinha de trigo vinda da Europa, pois chegava com baixa qualidade, e era misturado ao queijo que sobrava e ficava muito duro para o consumo, evitando o desperdício de alimentos.

Ficou com água na boca? O Espaço Gourmet do Paço das Águas Shopping conta com o restaurante Divino Fogão, referência na culinária mineira e brasileira, que serve bufê de pratos quentes, saladas e doces caseiros típicos do interior. E se quiser saber tudo o que o Espaço Gourmet pode oferecer, acesse o site do shopping e conheça nossas opções de gastronomia!